Curta nossa FanPage

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Henrique diz a Veja que perdeu por causa de Lula e descarta ministério

Postado Por:
henrique pec
  Na primeira semana depois das eleições, o Congresso Nacional deu um claro recado à presidente reeleita Dilma Rousseff (PT): derrubou o decreto bolivariano que criava conselhos populares em órgão públicos, convocou ministros e a presidente da Petrobras, Graça Foster, para prestar esclarecimentos em comissões e ensaia desengavetar propostas que causam dor de cabeça ao Planalto, como o chamado Orçamento Impositivo. Para Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara dos Deputados, Dilma precisa saber “conversar e “compartilhar mais” já nos próximos dois meses, quando encerra seu primeiro mandato. “Não pode ser como vinha sendo: o PT escolhendo o que quisesse, principalmente os melhores ministérios, e deixando o resto para os outros. Não pode e não deve ser assim. A presidente Dilma tem dois meses para provar que as coisas não vão ser assim”, afirmou. Depois de onze mandatos na Câmara, Alves foi derrotado na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte e ficará sem mandato em janeiro. Nos últimos dias, seu nome passou a figurar na bolsa de apostas do futuro ministério de Dilma, o que ele descarta. Mas, como reza o anedotário político de Brasília, quando se quer um cargo de ministro, o melhor a fazer é dizer justamente o contrário – diz a máxima que, a partir daí, seu nome passará ser lembrado constantemente. Leia a entrevista ao site de VEJA.
Como o senhor viu o apoio de Lula ao seu adversário Robinson Faria (PSD) na disputa ao governo do Rio Grande do Norte? Eu fui surpreendido. O Lula nunca tinha visto o Robinson na vida dele. Esqueceram de avisar que o Robinson que ele apoiou neste ano é o mesmo que há quatro anos ele gravou contra. Se amanhã passar do lado, acho que o Lula nem o reconhece mais. Enquanto eu era líder do PMDB, sempre que havia uma votação importante, o Lula me chamava para conversar e para negociar. Agora, ele grava uma entrevista em um formato de bate-papo elogiando o Robinson, dizendo que ele ia mudar o Rio Grande do Norte. Isso foi decisivo [para a derrota], foram muitas inserções ao longo de vários dias.
O senhor chegou a procurar o PT pedindo que as gravações não se repetissem no segundo turno? Eu procurei o Michel Temer, que na hora telefonou para o Lula pedindo para que não gravasse mais. Tudo bem que a chapa do Robinson estava com o PT para o Senado, mas no plano nacional eu estava com a Dilma. Depois que pedi para pararem, foi quando usaram as propagandas desbragadamente. O Lula não deve ter feito nenhum gesto para pararem de usar. O Temer também procurou o Rui Falcão, mas não adiantou. Ficou uma coisa muito constrangedora. O Lula ia lá toda hora e classificava o outro candidato como a mudança. Mas sou eu que o conheço, eu que o ajudei, que fui o seu parceiro.
Então como fica a relação entre o PT e o senhor depois destas eleições? A Dilma teve outro comportamento. Eu disse que ela poderia ir lá no Estado que todos estaríamos ao lado dela. Mas também disse que ia entender se ela achasse melhor não ir, e ela realmente não foi. Não tenho nada a reclamar dela. Mas, com o Lula, eu vou fazer o quê? Tem de ter maturidade e experiência para virar essa página. Eu reconheço que a participação dele foi muito importante para o resultado eleitoral. Mas, com ressentimentos, ficamos menores. E eu não quero ficar menor com isso.
A derrubada do decreto de Dilma foi um troco ao PT? Essa afirmativa é desinformação ou má-fé. Essa matéria aguardava votação há três meses. Eu decidi pautá-la, fiz um pronunciamento defendendo que o decreto era inconstitucional, tentei diversas vezes que o Aloizio Mercadante o retirasse e apresentasse um projeto de lei com urgência. O que nós queríamos era tirar a vinculação dos conselhos à Presidência da República. Toda votação que se abria, a oposição começava a obstruir enquanto não pautasse o decreto. Na hora que deu para ser votado, a obstrução do PT não teve jeito. Se já era meu desejo que ele fosse votado e derrubado e a pressão estava grande, não teve como ser diferente. A Câmara ia ficar em um impasse sem votar nada? Mas isso não tem nada a ver com situação nenhuma. Eu já falei com a Dilma, dei parabéns pela eleição, e ela sequer tocou neste assunto. A presidente ainda disse que na próxima semana, quando voltar de viagem, gostaria de falar comigo porque ia precisar muito da minha ajuda.
O que o senhor acha que tem de mudar na relação entre Executivo e Legislativo no novo governo? A Dilma nunca foi parlamentar e nunca passou nesta Casa, como todos os outros presidentes passaram e sabem das tensões que temos aqui, da necessidade de dar respostas. Ela exerceu uma função gerencial e se tornou presidente da República. Eu acho que ela precisa conversar mais. Quando convencer, muito bem. Quando não, ser convencida. Acho que ela vai partir para isso, para um modelo diferente do primeiro mandato. Até porque antes ela tinha um contexto eleitoral muito favorável, mas agora não, está dividido. E aqui, pelo radicalismo da campanha, é um prato cheio para o Aécio, porque as coisas vão se tornar ainda mais radicais. Mais do que nunca vai exigir a colaboração do PMDB e ela própria vai ter de conversar mais com o setor produtivo, com representantes empresariais, com o setor sindical e com parlamentares.
Este ano foi marcado por tensões entre a bancada do PMDB e o Planalto. O que o Michel Temer disse sobre o novo governo depois da reeleição? Nada. Mas agora a situação é outra. De fora da janela do Palácio do Planalto há um país dividido. E tem de se ter muito cuidado para que amanhã não haja uma crise. Agora tem de se calçar a sandália da humildade. A Dilma, na reta final das eleições, quando precisou da ajuda do Nordeste, recorreu ao Lula. Até então quase não se via o Lula participar das eleições, ele estava mais focado na disputa de São Paulo. A Dilma tem de compartilhar mais, de participar mais. Não pode ser como vinha sendo, o PT escolhendo o que quisesse, principalmente os melhores ministérios, e deixando o resto para os outros. Não pode e não deve ser assim. A Dilma tem dois meses para provar que as coisas não vão ser assim.
Qual o caminho natural para a presidência da Câmara? Antes uma aliança entre o PT e o PMDB era importante porque juntava muitos votos e quase conseguia maioria. Era um rodízio que se impunha por serem as duas grandes bancadas da Casa. Agora mudou a configuração e essas duas legendas não fazem 140 votos. O fato de elas se entenderem não é nenhuma garantia de que farão o presidente da Casa. Deve-se buscar o candidato que repete o sentimento da Casa, da independência, que procure angariar apoio tanto da base quanto da oposição. Há, hoje, um PMDB que não votou em Dilma. Nessa configuração confusa e muito dividida, acho que o discurso vencedor vai ser de quem falar pelo Parlamento. Eu acho inevitável que o PMDB procure a todos, oposição e governo, e caracterize o discurso de Parlamento.
Há hoje um nome alternativo ao Eduardo Cunha? Não. Ele é a indicação da bancada. O Eduardo tem credibilidade, é respeitado pelos parceiros, pelos adversários e cumpre acordos. É um nome muito forte.
O senhor está na Câmara há 44 anos. Está preparado para não viver mais essa rotina?Preparadíssimo. Eu passei a minha vida inteira morando em hotel sozinho, passava dois ou três dias com a família e viajava. Imagine o que é pegar um avião toda terça e quinta ao longo de todo esse tempo. Agora eu estou preocupado com a minha qualidade de vida. Eu tenho uma empresa de comunicação e vou ficar no comando do PMDB do meu Estado. Continuo na política. Mas quero ter mais qualidade fazendo o que eu gosto.
E a possibilidade de assumir algum ministério? Muitos querem que eu fique em Brasília. Há pressão nesse sentido pela experiência que eu tenho aqui. Eu poderia ficar fazendo um meio de campo entre o Michel Temer e o Eduardo Cunha. Mas a indicação que eu tenho agora é ter uma qualidade de vida melhor.
Então o senhor descarta tornar-se ministro? Descarto. Qualquer ministério. Ministério é pior, porque a gente tem de estar aqui de segunda a sexta. A política sacrifica muito a família. Eu tenho dois filhos que quase não vejo. A gente começa a ver que o tempo está passando e está perdendo algumas oportunidades. Então há coisas que vêm pelo bem. Eu tenho um jornal, uma TV e vou ter participação política, mas vivendo com mais estabilidade.
Quem poderia ser capaz de fazer esse meio campo e melhorar o diálogo com o Parlamento?O Jacques Wagner, ex-governador da Bahia, é uma boa pessoa. Ele é experiente, competente, malandro. Eu acho que ele vai para Relações Institucionais. A Dilma não pode mais correr riscos. O país está dividido.
Veja robsonpiresxerife@hotmail.com

VEJA VÍDEO:ADOLESCENTE MORRE APÓS SER ARREMESSADO DE VEÍCULO

Postado Por:
Um vídeo publicado no YouTube mostra um jovem sendo arremessado do veículo após o carro em que estava bater em um prédio em construção na avenida Francisco Campos, em Dores do Indaiá, município da região Centro-Oeste Mineiro. O jovem que aparece nas imagens morreu no local. Outros quatros ficaram feridos e foram socorridos por populares para a Santa Casa do Município, onde seguem internados. Conforme a Polícia Militar (PM), todos os ocupantes do veículo eram adolescentes. Dentro do veículo foram encontradas várias latas de cerveja. Antes do acidente, a corporação recebeu uma denúncia informando que um veículo ocupado por homens seguida pela via em alta velocidade. O vídeo registrado por uma câmera de monitoramento de um estabelecimento próximo ao acidente mostra o momento em que a vítima fatal é arremessada pela janela do carro. As imagens já rodaram o país e impressionam pela violência da colisão.
Veja o vídeo AQUI!!!

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ. UMA PESSOA FOI ALVEJADA NO BAIRRO ABOLIÇÃO I.

Postado Por:


O Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (CIOSP) Mossoró, registrou mais um crime de tentativa de homicídio na cidade. Por volta das 10:40hs desta sexta feira 31 outubro 2014. A ação criminosa ocorreu próximo ao Portal do Saber no bairro Abolição I, em uma Rua Transversal a Rodrigues Alves, quando dois elementos um em uma FAN preta e outro em uma Traxx preta passaram e efetuaram disparos. A vítima identificado como Luciano Pinto da Silva, 26 anos de idade, foi atingido por um disparo no ombro e socorrido por uma ambulância ALFA do SAMU para o Hospital Tarciso Maia.  Segundo o pai de Luciano o mesmo não tem passagem pela polícia.





fonte Passando na Hora

ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA RN 118 NA ENTRADA DO RIO ASSU

Postado Por:

Uma grave colisão envolvendo um moto HONDA FAN de cor vermelha,placa OWG 5968 Parnamrim-RN e um veículo CELTA de cor vermelha placas MYI 5561 Ipanguaçu-RN na manhã desta sexta-feira 31 de outrubro de 2014 terminou com uma pessoa morta. A vítima identificado como Jean Félix de Almeida,natural e residente na cidade de Santana do Matos foi socorrido para o Hospital de Assu e segundo informações aguardou mais de uma hora antes de vir a óbito pois não havia médico naquela unidade hospitalar. Ainda foi cogitada a possibilidade do mesmo ser transferido para o Hospital Tarcisio Maia em Mossoró mais infelizmente o jovem faleceu antes.




PM confirma quatro mortos e dois presos durante operação em Natal

Postado Por:

PM confirma quatro mortos e dois presos durante operação em Natal

Armas e drogas foram apreendidas durante ação no bairro das Quintas.
De acordo com BPChoque, suspeitos fugiram pelo mangue e reagiram.

Do G1 RN
Material apreendido pela PM nesta quinta em Natal (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)Material apreendido pela PM nesta quinta em Natal
(Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)
A Polícia Militar confirmou a morte de quatro suspeitos de tráfico de drogas durante uma operação do Batalhão de Choque na tarde desta quinta-feira (30) no bairro das Quintas, na Zona Oeste de Natal. O major Marlon de Gois, subcomandante do BPChoque, informou ainda que dois homens foram presos.

Os PMs apreenderam quatro revólveres, três pistolas, dois coletes a prova de bala, máscaras e drogas. De acordo com o BPChoque, os suspeitos tentaram fugir pelo mangue e reagiram com tiros quando foram abordados pelos policiais.

A ação recebeu apoio do helicóptero Potiguar I, da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte. A aeronave deu apoio nas buscas e na retirada dos corpos do mangue.

O tenente-coronel Dancleiton Pereira Leite, comandante do BPChoque, conta que a operação visa a redução do tráfico de drogas na comunidade conhecida como Guarita. "Temos mapeadas as áreas de tráfico e realizamos sempre operações de saturação", explica
.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Dilma chama Henrique para conversar

Postado Por:
Derrotada na Câmara dois dias depois de ter sido reeleita, Dilma Rousseff (PT) chamou o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para uma conversa nesta quarta-feira (29).
O peemedebista disse que foi um encontro cordial e que os dois voltarão a conversar após a folga que a presidente pretende tirar nos próximos dias.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Pau dos Ferros/RN: Ultimas informações do assalto a mão armada

Postado Por:


O Assalto foi as duas farmácias da Rua são João, e temos detalhes de que há poucos instantes teve dois assaltos e uma tentativa na área comercial de José da Penha a policia tem suspeitas que a ação criminosa seja dos mesmos meliantes que assaltaram em Pau dos Ferros.fonte nosso pau dos ferros

Meliantes somem sem deixar pistas

Ônibus com adolescentes teve lateral arrancada em acidente com 11 mortos

Postado Por:

Colisão entre ônibus e carreta foi na SP-304, em Ibitinga.
Prefeitura de Borborema decretou luto de três dias.

Do G1 Bauru e Marília
Um grave acidente entre um caminhão e um ônibusde estudantes deixou 11 mortos e 30 feridos por volta das 23h de segunda-feira (27), em Ibitinga, a cerca de 360 quilômetros de São Paulo. O acidente foi na altura do quilômetro 370 da Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304). O impacto da batida foi tão forte que a lateral do ônibus foi arrancada e os passageiros – entre eles pelo menos seis adolescentes, entre 15 e 17 anos – foram arremessados para fora do veículo. As vítimas morreram na hora. Vários passageiros ficaram presos nas ferragens.
Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas (Foto: Reprodução / TV TEM)Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas
(Foto: Reprodução / TV TEM)
Na manhã desta desta terça-feira (28) os bombeiros localizaram a 11ª vítima. O corpo – totalmente carbonizado – foi encontrado nos destroços da carreta, que transportava óleo vegetal e pegou fogo após a colisão. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves. Já o motorista do ônibus ficou gravemente ferido.
O incêndio no local da batida só foi contido duas horas depois, por equipes do Corpo de Bombeiros.
Acidente foi na SP-304, em Borborema (Foto: Editoria de Arte/G1)
Os estudantes tinham saído de São Paulo, onde participaram de uma excursão, e seguiam para Borborema. A colisão foi a aproximadamente 30 quilômetros do destino final, em um trecho da rodovia que está em obras.
Por conta do acidente, a rodovia, que é de mão dupla, está operando com pista simples, no sistema Pare e Siga.
Vítimas
A Secretaria de Educação de Borborema confirmou a morte das professoras da escola Dom Gastão Liberal Pinto: Márcia Martins de Carvalho Biasotto, Roseneide Aparecida Caseta Montera, Margarete Aparecida Lucas dos Santos. Também morreu a diretora da Escola Municipal Ana Rosa: Marisa Aparecida Mansano dos Santos.
Os nomes dos adolescentes ainda não foram confirmados pelo Instituto de Criminalística de Araraquara.
Os feridos – vários deles em estado grave – foram encaminhados para os hospitais de Ibitinga e Borborema.
A secretária de Educação, Maria Ângela de Martins, contou que três ônibus participavam da excursão. Dois deles já tinham chegado ao destino final. “Essa empresa de ônibus sempre fazia as viagens [organizadas pelas escolas]”, observou a secretária.
Os corpos foram levados para o IML de Araraquara e devem ser liberados até o fim da manhã, para serem velados em uma cerimônia coletiva em Borborema.
Por conta da tragédia, a prefeitura decretou luto oficial de três dias.
Lateral do ônibus foi arrancada em colisão (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)Lateral do ônibus foi arrancada em colisão (Foto: Divulgação / Portal Ternura FM)
Caminhão pegou fogo (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)Caminhão pegou fogo (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)

Após briga por causa das eleições, homem é morto com seis tiros no RN

Postado Por:



Crime aconteceu nesta segunda (27) na cidade de São Francisco do Oeste.
Sobrinha da vítima conta que o tio foi baleado após defender primo.

vitima
G1 RN     vitima primo do redator do portal reginaldo.com



Uma discussão por causa do resultado das eleições terminou na morte de um homem em São Francisco do Oeste, município da região Oeste potiguar. A vítima, Francisco Emanoel da Silva, de 40 anos, levou seis tiros. O crime aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (27) em um bar da cidade. Ele ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O autor dos disparos fugiu. A Polícia Militar afirma que já tem a identificação dele.
Andrecia Aquino, sobrinha da vítima, contou ao G1 que o tio foi baleado após se envolver na briga de um primo dele. “Estavam todos em um bar da cidade. Esse primo do meu tio começou a discutir política com um homem, até que os dois começaram a brigar. Meu tio quis separar os dois, mas acabou entrando na confusão e deu um murro no homem, que saiu do bar. O primo dele também foi embora, e meu tio ficou lá sozinho”, contou. “Depois o homem voltou armado e começou a atirar. Meu tio levou seis tiros. Dois foram na cabeça, outros dois no peito e mais dois nos braços ”, acrescentou.
Ainda de acordo com a sobrinha, Francisco foi socorrido de ambulância para o Hospital Regional de Pau dos Ferros, que fica na mesma região. “Fizeram curativos nele para estancar o sangue e colocaram um aparelho para ele respirar. Depois, o Samu saiu com ele com destino a Natal, mas meu tio morreu no meio do caminho”, afirmou Andrecia.
A Polícia Militar ainda fez buscas na tentativa de encontrar o homem que atirou em Francisco, mas não conseguiu localizá-lo.
Andrecia disse que Francisco vivia com uma companheira, mas não tinha filhos e estava desempregado no momento.

Ultimas informações da tentativa de homicídio em São Francisco do Oeste

Postado Por:
A vitima e primo do redator do portal reginaldo .com conhecido como nenê do finado Expedito, segundo informações de populares teve uma discussão com o acusado conhecido por Olivio por causa de política, a vitima foi atingido por dispara de arma de fogo, foi socorrido para o hospital de Pau dos Ferros/RN, e está sendo transferido para Mossoró ainda com vida.
Postagens mais antigas → Início